Maxime Studio

Dores na coluna (costas): musculação ou Pilates?

Muitas pessoas sofrem de dores nas coluna, seja por conta de uma condição médica, prática incorreta de exercícios físicos, problemas posturais… Independentemente da causa, quem sofre com esse problema está buscando constantemente formas de aliviar a dor, e existem formas diversas de se atingir esse resultado. Dentre as mais populares e eficientes, a musculação e o Pilates são bastante procurados, mas qual é mais eficiente para dores na coluna?

 

Dores-na-coluna (costas) musculação ou pilates

A verdade é que escolher entre essas duas opções não é uma tarefa fácil: em um primeiro momento, pode se pensar que essas duas atividades não têm absolutamente nada em comum, e não costumam ser tidas como resoluções para o mesmo problema. Mas mesmo que possuam muitas diferenças, ambas as práticas podem ser muito benéficas para quem sofre de dores nas coluna. Vejamos a seguir algumas dessas diferenças:

Musculação

A prática de musculação ajuda a trabalhar grupos musculares de forma mais isolada, mas focando na sua integração geral. Dependendo da avaliação do Personal Trainer e dos objetivos do aluno, os treinos se modificam.
Dessa forma, ele consegue focar em bíceps, glúteos, quadríceps, entre outros, para atender às suas necessidades e atingir os resultados esperados. Para isso, os exercícios prescritos pelo profissional costumam variar alguns fatores, como:

Tempo de contração;
Velocidade;
Quantidade de carga;
Amplitude.

E todo esse trabalho é feito com a ajuda de pesos e equipamentos específicos, pensados e desenvolvidos para trabalhar cada um dos grupos musculares, ativando unicamente o grupo esperado. Dado isso, a musculação pode ser utilizada para diversos objetivos, inclusive para o fortalecimento dos músculos das costas. Dependendo das causas e das condições do paciente, esse tipo de atividade pode ser muito interessante para dores nas coluna.

 

 

Pilates

Diferentemente da musculação, o Pilates trabalha de forma mais ampla e globalizada, trabalhando todo o corpo (ou quase) ao mesmo tempo. Esse método utiliza as técnicas criadas por Joseph Pilates e alguns equipamentos, a depender do exercício que estiver sendo realizado.

O Pilates pode trazer diversos benefícios para os praticantes, como:

Fortalecimento dos grupos musculares abdominais;
Alívio de dores nas costas;
Melhoria da flexibilidade;
Melhoria da postura;
Reduz processos inflamatórios nas articulações;
Melhora a capacidade cardiovascular;
Entre outros.

Embora o Pilates não entregue a mesma definição muscular que é possível com a musculação, ele também consegue ajudar no fortalecimento dos músculos das costas e até mesmo eliminar o problema pela raiz, que é o caso dos problemas posturais. Embora não entregue resultados em hipertrofia, o Pilates também ajuda na definição dos músculos a longo prazo.

Como escolher?

Essa dúvida não precisa ser um desafio para você que sofre de dores nas costas. Ambas as práticas conseguem entregar bons resultados no alívio dos sintomas e melhoram a qualidade de vida consideravelmente. Por essa razão, pode não ser necessário escolher entre essas duas atividades, e combinar ambas as práticas na sua rotina.

Por atuarem de forma diferente no corpo, o Pilates e a Musculação, trabalhando em conjunto, podem entregar excelentes resultados quanto ao tratamento e a melhoria das dores na coluna.

Enquanto de um lado a musculação promove um grande rendimento, o Pilates ajuda no fortalecimento e na prevenção de lesões. Além disso, a força muscular proporcionada pela musculação pode ser de grande valia para os alunos praticantes do Pilates! Só tem vantagens!

Conte com o Maxime Studio para te ajudar a alcançar todos os seus objetivos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Open chat
Precisa de ajuda? Estamos online!
Olá! Como podemos te ajudar?