Pilates e Musculação, uma nova combinação

Procurando Pilates em Timbó? O Studio Maxime é a melhor opção. Profissionais capacitados, estrutura completa e atendimento personalizado!

O Pilates e musculação são duas atividades bastante diferentes, que estimulam o corpo humano de maneiras distintas. Associar ambas as práticas podem ser extremamente benéfico para a saúde do praticante. Isto por que este pode se beneficiar dos pontos positivos de ambas as modalidades, aonde uma pode complementar a outra. Grande parte das pessoas que buscam a musculação tem como objetivo o ganho de força e a hipertrofia. No entanto, a musculação ainda é excelente para o emagrecimento, para a prevenção de lesões e para a melhora do aspecto visual. Por sua vez, o Pilates oferece ganho de força, flexibilidade, melhora da postura, concentração e respiração, prioriza a qualidade de vida, prevenção de doenças, etc.

Benefícios do Pilates

Sendo criado na década de 1920 pelo alemão Joseph Pilates, a prática inicialmente era conhecida como Contrologia. Tendo como base a prática de exercícios lentos e controlados, o Pilates busca usufruir do corpo e da mente uma perfeita execução do movimento e no controle consciente da musculatura utilizada. O Pilates conta com alguns princípios que são utilizados em todos os exercícios da modalidade, que são: Centralização, Concentração, Fluidez, Precisão, Controle e Respiração.

Estes princípios, quando associados, farão com que o praticante tenha o total domínio corporal e mental através de seu equilíbrio e sua respiração. A gama de exercícios existentes no Pilates é gigante. Com uma infinidade de exercícios que permitem trabalhar os mais diversos aspectos, tanto em solo quanto em aparelhos, o Pilates é uma modalidade desafiadora que intensifica o estímulo da conexão corpo e mente. Com inúmeros benefícios para o corpo, o Pilates é uma prática que se destaca por garantir o fortalecimento de diversos músculos, a melhora do equilíbrio, da flexibilidade e ainda auxiliar no autoconhecimento e no alívio do estresse.

Musculação integrada ao Pilates

A periodicidade e os tipos de treinos são extremamente voláteis na musculação. No entanto, a execução dos exercícios geralmente é realizada de forma mais rápida e ágil. Sendo assim, podemos notar uma diferença de estímulos aos músculos e toda a estrutura do corpo. Diferentemente do Pilates que preza por exercícios com poucas repetições, de maneira lenta e graduada, dando prioridade para a sua concentração consciente da musculatura envolvida no movimento. A diferença entre os modos que o Pilates e a musculação estimulam o corpo e a mente é uma poderosa combinação para quem quer ter saúde.

Ambas as práticas se complementam em vários aspectos. O Pilates, por exemplo, fortalece e tonifica o músculo, mas não causa hipertrofia. Além disso, ele também não emagrece, mas ainda assim ajuda na perda de peso. A diminuição de medidas é outra vantagem do Pilates, que ainda potencializa o gasto calórico quando associado à musculação.

Sendo assim, podemos concluir afirmando que utilizar o Pilates como complemento da musculação, por serem práticas físicas aplicadas de maneiras distintas, auxilia na criação de uma rotina saudável, e ainda reduz o risco de tédio ou desistência das modalidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale conosco